Clímax ou gradação ascendente

A figura de linguagem, ou estilo, chamada de clímax ou gradação ascendente, pode ser definida como a apresentação de idéias em ritmo crescente, até atingir um grau máximo.

Continue lendo “Clímax ou gradação ascendente”

O que é perífrase?

Perífrase, como o próprio termo indica, pelo prefixo peri- (algo que está à margem, à beira) é uma figura de linguagem que utiliza um conjunto de palavras para expressar algo que poderia ser dito de maneira mais sucinta. Em resumo, é um circunlóquio, um rodeio, em vez de dizer as coisas diretamente.

Continue lendo “O que é perífrase?”

A metalepse

A figura de linguagem metalepse é uma forma de metonímia, ou seja, nela trocamos o nome de algo pelo nome de outra coisa com a qual mantém relação.

Continue lendo “A metalepse”

Você sabe o que é litotes?

Litotes, do grego litótes, é uma figura de linguagem que apresenta o negativo pelo positivo, ou seja, atenua-se uma expressão, colocada numa afirmação. É o oposto da hipérbole, que é o exagero.

Continue lendo “Você sabe o que é litotes?”

O que é hipálage?

hipálage é uma figura de linguagem que cria uma desarmonia, um desajuste entre os termos gramaticais e semânticos, ou seja, entre a função e o sentido das palavras na frase, de forma a produzir uma translação no significado.

Continue lendo “O que é hipálage?”

O que é Paronomásia?

Paronomásia é uma figura de linguagem que consiste em usar palavras ou frases semelhantes (no som e na grafia), de sentidos diferentes (ou seja, parônimas), para efeito retórico ou poético, seja ele humorístico ou sério. Temos o famoso trocadilho, ou uma brincadeira com as palavras, como na expressão traduttore / traditore (tradutor/traidor), utilizada em literatura, para enfatizar a traição que um tradutor faz ao texto original quando da operação tradutória.

Continue lendo “O que é Paronomásia?”

Sinestesia

A sinestesia (do grego syn-, “união” ou “junção” e -esthesia, “sensação”) é a interrelação de diferentes planos sensoriais num texto.

Continue lendo “Sinestesia”

Comparação simples e por símile

A comparação é uma figura de linguagem que é semelhante à metáfora, e é utilizada para mostrar estados, qualidades ou ações de pessoas ou coisas. A diferença entre a comparação e a metáfora é que na comparação há o uso de conetivos para ressaltar uma ligação entre os termos: com, como, parecia, tal qual, assim, quanto. Enquanto que na metáfora o termo de comparação é eliminado.

Continue lendo “Comparação simples e por símile”