Conjugação do verbo prevenir

Lendo as notícias de um portal na internet, vi uma chamada de artigo sobre cárie e como “previni-la”. Meus olhos e ouvidos alertaram-me para a dissonância visual e fônica do verbo e fui conferir sua conjugação. E eu estava certo, pois o correto é preveni-la, conforme pode ser visto abaixo (aliás, pela própria forma do verbo no infinitivo: prevenir).

Continue lendo “Conjugação do verbo prevenir”

Orações subordinadas adjetivas

As orações subordinadas adjetivas logicamente exercem a função de adjetivos dos substantivos das orações principais, ou seja, são adjuntos adnominais deles. Como é sabido, as orações adjetivas são introduzidas por pronomes relativos (que, quem, o qual, etc.), com exceção daquelas que são reduzidas (como aqui: daquelas reduzidas).

Continue lendo “Orações subordinadas adjetivas”

As orações dependentes ou subordinadas

As orações subordinadas, como escrevi no artigo sobre o período composto, são aquelas que dependem de uma oração principal, cumprindo uma função sintática desta. Uma não existe sem a outra, pois se houver apenas uma oração, ela será absoluta e o período será simples.

Continue lendo “As orações dependentes ou subordinadas”