Hipônimos e Hiperônimos

Em termos de semântica lingüística os hiperônimos são termos mais gerais que podem ser usados para referenciar uma realidade de termos mais específicos, os hipônimos.

Para ficar mais fácil de entender a diferença entre um e outro, e a sua correlação, é melhor pensarmos em termos de exemplos.

  • Doença é hiperônimo; gripe é hipônimo;
  • Rio é hiperônimo; Solimões é hipônimo;
  • Ferramenta é hiperônimo; martelo é hipônimo;
  • Aparelho é hiperônimo; televisor é hipônimo.

É importante ao escrever um texto que se utilizem os hiperônimos adequadamente para evitar a repetição desnecessária de termos. O correto entendimento da relação entre hipônimos e hiperônimos é fundamental para a coesão textual.

Que tal compartilhar este texto com seus amigos? Basta um clique e estará nos ajudando muito!

Autor: Prof Janio

Este é um site sobre a Língua Portuguesa, cujo principal objetivo é formar e informar, levando luz a questões obscuras do idioma.

7 pensamentos em “Hipônimos e Hiperônimos”

  1. Jessica,
    obrigado pelo comentário e pela visita.
    Só um detalhe: o seu “textando” é um neologismo ou foi apenas um erro de ortografia?
    Ou um erro de ortografia que criou um neologismo?
    Abraço 🙂

  2. Ótima explicação. Adorei… textando: site é hiperônimo, cursodeportugues.blogarium.net é hipônimo… hahaha.. beijo.

  3. Ola Emerson , tudo bem? Talvez eu possa te ajudar, ensino aos meus alunos como acentuar corretamente as palavras.
    Qual é a sua dúvida?
    Abraço

  4. Olá amigos.

    Gostaria de aprender como acentuar as palavras com mais facilidade, infelizmente não encontrei, por favor me ajudem, obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *